Home » Futuro de la dehesa » Projeto Transfronteiriço PRODEHESA-MONTADO lançado em Mérida

Projeto Transfronteiriço PRODEHESA-MONTADO lançado em Mérida

As 17 entidades que fazem parte do Projeto de Cooperação Transfronteiriça para a Valorização Integral do Montado (PRODEHESA-MONTADO) reuniram-se em Mérida, no dia 19 de junho, para o lançamento deste projeto coordenado pelo Centro de Pesquisa Científica e Tecnológica da Extremadura (CICYTEX). O objetivo do projeto é implementar as ações necessárias para melhorar ambiental e economicamente o montado, de um ponto de vista sustentável. Neste primeiro contacto, os parceiros acordaram prazos e definiram os responsáveis por cada uma das tarefas a serem executadas. As regiões envolvidas neste projeto são a Extremadura, a Andaluzia, o Alentejo, o Centro e o Norte de Portugal e o Norte do Algarve.

O projeto PRODEHESA-MONTADO inclui quatro atividades técnicas principais. Por um lado, trabalhará a adaptação do quadro regulamentar que atualmente afeta este ecossistema, as suas necessidades e características. Entre as tarefas programadas para esta atividade está o desenvolvimento de um projeto de lei sobre o montado para todos os territórios, que reflita as suas peculiaridades.

Por outro lado, o projeto pretende contribuir para a recuperação ambiental do montado, estudando o ciclo de vida dos seus produtos, quantificando a sua pegada carbónica e ampliando a base de dados cartográfica e os censos existentes. Além disso, o projeto tem em vista trabalhar numa candidatura única luso-espanhola para que o montado seja declarado Património Mundial pela UNESCO, entre outros aspetos.

Outra ação deste projeto está relacionada com a identificação e transferência de inovação para a produção e gestão de produtos. Isso envolve a modernização e adaptação dos processos de produção, a produção e promoção de produtos e serviços emergentes e, finalmente, a promoção da cooperação e profissionalização dos setores associados. Entre outras iniciativas, será organizado o III Congresso Ibérico do Montado, como ponto de encontro e discussão da sua situação.

Finalmente, também se levará a cabo um importante trabalho de valorização e marketing através da formação dos produtores e consumidores, e da quantificação do valor económico dos produtos e serviços; de marketing e comercialização dos mesmos através de publicações, campanhas de sensibilização, etc. Além disso, está prevista a realização da Primeira Feira Internacional do Montado, cujo objetivo é mostrar os diferentes ofícios, produtos e serviços oferecidos por este ecossistema.

Este projeto conta com 17 parceiros, dos quais 13 são entidades espanholas e 4 portuguesas: Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura (CICYTEX); Gabinete de Gestión Integral de Recursos; CTAEX; Universidad de Extremadura; Federación Española de la Dehesa (FEDEHESA); Universidad de Sevilla; Extremadura Avante; INIAV-Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; Consejería de Medio Ambiente y Ordenación del Territorio de la Junta de Andalucía; Agencia de Gestión Agraria y Pesquera de Andalucía (AGAPA); Observatorio para la Comercialización y la Industrialización del Corcho Extremeño (OCICEX); Dirección General de Medio Ambiente de la Junta de Extremadura; INTROMAC; Universidad de Córdoba; QUERCUS – Associação Nacional de Conservação da Natureza; Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas; e Universidade de Évora. Embora não seja um parceiro do projeto, a UNAC-União das Organizações dos Agricultores para o Desenvolvimento da Charneca vai participar ativamente nele como um importante representante do montado português.

 

Puede encontrar la noticia en:

Projeto Transfronteiriço PRODEHESA-MONTADO lançado em Mérida




Archivos

Translate »